50 anos da Escola Estadual “Padre Orestes Ladeira”

 
Escola  Estadual "Padre Orestes Ladeira'' no  seu  Jubileu  de Ouro, 1.963 - 2.013.
Parte  interna  da E.E.P.O.L
Parte  interna  da E.E.P.O.L, onde se vê a secretaria
Convite  para  o  Baile de Formatura, da primeira  turma.
Convite para  a Formatura da primeira  turma do  Ginasio  Estadual  Padre Orestes Ladeira, e relação dos  nomes dos formandos  de 1.963
Capa  do  convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
Convite  da primeria turma de formandos  do  Ginásio,  no ano  de 1.975, já  em  sua  sede própria, inaugurada em  1.972.
 Placa de inauguração do prédio da Escola, datada de 09/04/1972
Convite para a Missa em  comemoração  do Jubileu de Ouro da Escola Estadual "Padre Orestes Ladeira"

Criação do primeiro curso secundário em Conchal, que  deu origem a Escola Estadual “Padre Orestes Ladeira”

Até a década de 1950, em  Conchal  existia  apenas grupo  escolar,   bem  conhecido  por muitos o Grupo Escolar ‘’Alonso  Ferreira  de Camargo’’. Os jovens  que  pretendessem continuar os estudos após a conclusão do Primeiro Grau e, assim como ainda é hoje, precisavam estudar em outro município, mesmo o “ginásio”, à época chamado ensino  secundário.

No  ano de criação do curso secundário em Conchal, a estrutura educacional da época era formada por 4 níveis :  Grupo Escolar, primário, (atual 1ª a 4ª série); Ginásio, secundário, (atual 5ª a 8ª série); Colegial (científico ou clássico, atual ensino médio) e Universitário (como é  hoje).

Nos primeiros anos da década de 50, por proposta do Deputado Estadual Nagib Chaib (de Moji Mirim), foi aprovada a Lei Estadual criando o Ginásio Estadual de Conchal,  mas, a Secretaria de Educação do Estado somente instalaria o Ginásio SE HOUVESSEM,  no mínimo, 100 alunos em suas quatro séries, e Conchal não tinha, na época,  nem 20 alunos estudando em  outras cidades.

Por sugestão do Professor Constantino Alves, então Inspetor Escolar da Delegacia de Ensino de M. Mirim, foi criada a Escola Técnica de Comercio Municipal de Conchal, pela Lei Municipal nº 155 de 11/09/1959, sancionada pelo então Prefeito José Ferreira de Mello, após aprovação unânime de sua proposta pela Câmara Municipal

A Escola Técnica de Comércio teve como primeiro Diretor o Sr. Brasil Campos e Secretário o sr. Gregório José Bechara e iniciou suas atividades, no  período  noturno, no prédio do Grupo Escolar,  promovendo um curso de admissão ao Curso Básico de Contabilidade.

Em 1960 iniciou o Curso Básico propriamente dito, tendo como professores alguns que  já  lecionavam no “Alonso” nos  períodos  da manhã e tarde, e mais alguns jovens da comunidade que haviam se formado como Técnicos de Contabilidade ou outro curso secundário, nas escolas das cidades vizinhas.

Ainda ocupando algumas  salas de aula do “Alonso”, a Escola Técnica teve mais dois anos de atividade, acrescentando a cada ano uma nova turma com a promoção das atuais.

Até que, no ano letivo de 1963, quando a Escola Técnica teria as quatro séries funcionando, foi ultrapassado o número mínimo de 100 alunos exigido pela Secretaria de Educação do Estado  para a instalação do Ginásio Estadual (conforme  explicado acima).

Assim, nesse ano, a Escola Técnica de Comercio Municipal de Conchal, após cumprir sua função, contribuindo e alavancando a instalação do ginásio, encerrou suas atividades, sendo substituída pelo GINÁSIO ESTADUAL DE CONCHAL,quecontinuou funcionando no prédio da atual EMEF “Alonso Ferreira de Camargo”, somente  no  período  noturno. E uma CURIOSIDADE, nesse ano letivo de 1963, o recém criado “Ginásio” já teve a formatura de sua primeira turma, em seu primeiro ano de funcionamento. Veja abaixo o convite do Baile e também de formatura:

 

 (clique nas imagens para ampliar)

O primeiro Diretor do Ginásio Estadual  de Conchal  foi o Professor Luiz Gonzaga Brandão e o Secretário o jovem Argemiro Cândido Corte  carinhosamente chamado por todos de  Bololó.

Padre Orestes Ladeira, um  dos  grandes vigários que  Conchal  já  teve,  e que  dá  nome  ao nosso  “Ginásio Estadual”. Sacerdote humilde, trabalhador incansável, amigo  de todos e por todos estimado e admirado. Projetou e iniciou no ano de 1932 a construção da atual Igreja Matriz.

Na Revolução  Constitucionalista de 1932 acompanhou as tropas Paulistas como  Capelão Militar.

Natural de Moji  Mirim,  nascido  aos  18 de julho de 1902 e falecido na  mesma cidade  em 13 de janeiro de 1959.

No dia 09/04/1972, o Ginásio Estadual Padre Orestes Ladeira foi inaugurado em suas instalações atuais, à Rua das Azaléias, n° 680, em terreno doado pelo Senhor Luiz Fadel, construído às expensas do Estado.

 Placa de inauguração do prédio da Escola, datada de 09/04/1972

Em 1976, de acordo com a Resolução SE n° 23, publicada em 28/01/1976, página 26, a escola passou a ser denominada Escola Estadual de Primeiro e Segundo Graus “Padre Orestes Ladeira”, com horários nos períodos diurno e noturno, tendo em vista abranger o primeiro e segundo graus.

 

Convite de formatura da turma de 1975

(para ampliar utilize o visualizador de fotos, clicando nas imagens do início da reportagem)

Na década de 80, esta instituição de ensino ofereceu o Curso de Habilitação Específica de Segundo Grau para o Magistério.

Segundo a Profa Me. Renata de Cassia Cozer, atual diretora da escola, atualmente a instituição atende cerca de 900 alunos/ano entre o ensino fundamental Ciclo II, Ensino Médio Regular e Ensino Médio na modalidade de Educação de Jovens e Adultos.

Em nossas pesquisas não encontramos dados concretos que mostrassem o que, de fato, motivou a escolha do nome do então Padre Orestes Ladeira, para a instituição de ensino. Caso algum leitor conheça outros fragmentos da história que esclareçam como teria sido a indicação do nome, pedimos que entre em contato e divida conosco esta parte da história.

Agradecimentos:

-          Sr. Alfredo Guilherme Madeira Campos, que nos incentivou sugerindo o tema e colaborou redigindo as informações que compõem a primeira parte do texto (origem e criação do colégio).

-          Professora Me. Renata de Cassia Cozer, atual diretora da escola, que gentilmente nos recebeu e colaborou para a conclusão da matéria, que celebra os 50 anos da criação do primeiro curso secundário em Conchal.

-         Sra Ivone  Maria Maiochi,  que nos forneceu um breve histórico do Padre Orestes Ladeira.

A Direção da Escola convida a todos para participar no dia 19/03/2013, às 19h30 minutos,  nas dependências da escola, onde será realizada uma Missa em Ação de Graças pelos 50 anos de fundação do colégio, celebrada pelo Pe. Nilson Aparecido Freire Alves, vigário da Paroquia Nossa Senhora Aparecida, de Conchal.

Convite para a Missa em  comemoração  do Jubileu de Ouro da Escola Estadual "Padre Orestes Ladeira"

Parabéns a Escola Estadual “Padre Orestes Ladeira” pelo seu Jubileu de Ouro. Há 50 anos  educando crianças, jovens e adultos, buscando fazê-los chegar ao desenvolvimento integral de sua personalidade, através da formação intelectual, moral e social.