Centenas de pessoas fazem manifestação e pedem justiça para morte de obstetriz em Conchal

 

Passeata realizada na manhã desta quarta-feira (23) seguiu pelas ruas do Centro e fez parada no hospital que Nelly Cristina Venite de Souza Maria, de 27 anos trabalhava e na casa onde morava. A concentração aconteceu na Praça da Fonte, local onde foram feitos discursos visando conscientizar a sociedade de como ocorre à violência contra as mulheres.

A manifestação de iniciativa popular, idealizada e organizada por mulheres que são liderança na cidade, mostrou que a violência contra as mulheres é inaceitável.

Deste ato surgiu um coletivo de mulheres, que voltará a se reunir na próxima quarta-feira, dia 30, quando terá início um trabalho de implementação da política pública em defesa das mulheres de Conchal.

Clique aqui para assistir à reportagem da EPTV.