Conchal e mais 5 cidades têm alerta ou risco de surto de doenças causadas pelo Aedes

Conchal, Brotas, Leme, Nova Europa, Itobi e Santa Rita do Passa Quatro foram as cidades classificadas com maiores índices na região, segundo levantamento do Ministério da Saúde.

Conchal, Brotas, Leme, Nova Europa, Itobi e Santa Rita do Passa Quatro foram as cidades da região classificadas com alerta ou risco de surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya, segundo um levantamento do Ministério da Saúde divulgado na quinta (7).

Mais de 5,1 mil cidades brasileiras foram submetidas ao Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), que mapeia os locais de infestação do mosquito e identifica os criadouros predominantes.

Durante o mapeamento, mais de 22% dos municípios analisados foram classificados com risco de infestação do mosquito enquanto 39,8% estão em situação de alerta.

Índice

Os municípios com índices de infestação menores que 1%, não apresentam risco de surto. Os locais com índice entre 1% e 3,9% são considerados municípios em situação de alerta. Já os índices maiores que 4% indicam que o município está com risco índice de infestação.

Cidades da região

Conchal, Brotas, Leme, Nova Europa, Itobi e Santa Rita do Passa Quatro (SP) foram os municípios que apresentaram maiores índices das 42 cidades da região central.

Conchal e Nova Europa apresentaram índice de 3,3%. Brotas e Leme foram classificadas com índice de 3,6%. Já Itobi está com índice de 3,7%. As 5 cidades estão em situação de alerta.

A situação mais crítica é em Santa Rita do Passa Quatro, onde foi registrado 4,7%, 1,1% a menos do que no último levantamento. O município está em situação de risco. As informações são do G1.