Polícia Ambiental multa madeireira de Conchal em mais de R$ 26 mil

Comércio foi autuado por vender madeira ilegalmente e por adquirir o material sem autorização dos órgãos competentes.
Polícia Ambiental multou em mais R$ 26 mil madeireira de Conchal (Foto: Polícia Ambiental)

Polícia Ambiental multou em R$ 26,3 mil uma madeireira de Conchal (SP), na quarta-feira (21), por vender madeira ilegalmente. O comércio também foi advertido por adquirir o material sem autorização.

A ação batizada de “Operação Madeira” vistoriou todo o estoque que estava no pátio do comércio. Os policiais constataram que 0,6480 metros cúbicos do material foi adquirido ilegalmente, o que constatou estoque em excesso.

Os policiais ambientais também constataram a quantia de 87,77 metros cúbicos de madeira nativa que foram comercializados de maneira ilegal, sendo ainda encontrados indícios de desdobro e serraria, sem que fosse apresentada a licença da operação exigida.

Polícia Ambiental multou em mais R$ 26 mil madeireira de Conchal (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)

A Polícia Ambiental elaborou dois autos de infração ambiental, sendo um auto na modalidade advertência por adquirir madeira de forma ilegal e o outro auto com a multa por comercializar madeira ilegal. O estoque em excesso foi apreendido para posterior destinação. As informações são do G1.

Polícia Ambiental multou em mais R$ 26 mil madeireira de Conchal (Foto: Polícia Ambiental/Divulgação)